Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

39ª CIOSP: Módulo de Imersão aborda as duas últimas décadas da Odontologia

Na Programação Científica do terceiro dia do 39º CIOSP, sexta-feira (1), no âmbito da estética Odontológica, o Módulo de Imersão, “Os últimos 20 anos da Odontologia. O que mudou?”, trouxe 12 palestrantes que, em sequência, cada um ministrando um determinado assunto, discorreram sobre o que mudou na Odontologia nas últimas duas décadas.

Entre os palestrantes, o cirurgião-dentista Dr. Ricardo Tanus, com ampla experiência em tratamentos de Disfunção Temporomandibular (DTM), falou sobre bruxismo, DTM, alterações oclusais e seus diferentes tipos. “Quando vamos trabalhar e pensar em oclusão, a gente tem que pensar como funciona o sistema, como é uma oclusão ideal, como é uma oclusão fisiológica. O que é uma oclusão patológica e oclusão de tratamento”.

Tanus pontuou também aos profissionais que assistiam sua palestra, sobre a importância de atentar-se ao tipo de bruxismo do paciente e como isso influencia em seu dia a dia. “Bruxismo hoje é uma desordem de movimento, independentemente de haver toque nos dentes”. Ele completou que o bruxismo de vigília, por exemplo, pode estar relacionado ao estresse emocional e, por conta disso, o paciente pode ter contração muscular, o que leva a outro fenômeno, que é a dor muscular. De acordo com o cirurgião-dentista, dor muscular não é bruxismo, e sim DTM.  

Ricardo Tanus é mestre e especialista em DTM e Dor Orofacial. Foi um dos sócios fundadores da Sociedade Brasileira de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial e coordena seus cursos de aperfeiçoamento em DTM e dores orofaciais em Belo Horizonte. Também é autor de livros em que apresenta assuntos de extrema relevância para a área nos dias atuais.

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834