Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

Troca de Experiências marca segundo dia de ENAT

Além dos cirurgiões-dentistas, os auxiliares e técnicos de saúde
bucal (ASB e TSB) também tiveram a oportunidade de se aperfeiçoar durante o 34º
Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP), ao participar do
4º Encontro Nacional de ASB e TSB (ENAT).

Foram dois dias de palestras,
debates e trocas de experiências. “Parabenizo a todos os auxiliares e técnicos
e gostaria de destacar o trabalho que a Câmara Técnica de ASB e TSB tem
realizado, inclusive com a recente publicação do Manual do Técnico e do
Auxiliar em Saúde Bucal”, disse o presidente do Conselho Regional de
Odontologia de São Paulo (CROSP), Claudio Miyake que esteve presente no evento.

Já o membro da Câmara Técnica de
ASB e TSB do Conselho CROSP e um dos organizadores da iniciativa, Edélcio
Francisco Anselmo ressaltou a importância do ENAT.  

 “Este é um evento de
aprimoramento profissional, uma oportunidade de educação continuada. Trouxemos
cirurgiões-dentistas para contar da prática profissional e também propusemos
uma roda de conversa para os ASBs e TSBs colocarem seu ponto de vista.”,

Ele ainda comentou que após o ENAT
a ideia é realizar outro evento direcionado aos ASBs e TSBs. “Conversamos com o
presidente do Conselho, e devemos preparar algo do CROSP para estes
profissionais”.

Continuação

Assim como no primeiro, o segundo
dia de ENAT foi bastante produtivo. Começou com a palestra da cirurgiã-dentista
e professora Juliana Pires Adelnur que trouxe um pouco de sua experiência como
odontopediatra.

Em sua apresentação ela destacou a
importância de criar um ambiente lúdico para as crianças e de respeito e
confiança para os pais. A palestrante também exemplificou algumas situações e
ressaltou a participação de suas auxiliares e técnicas no sucesso dos
atendimentos. “Uma boa equipe é essencial para o bom atendimento”.

Autora de livros como “Marketing
na Odontologia”, Marcia Nana também conversou com o público do ENAT. Falou de
motivação, marketing pessoal e relacionamento profissional. “Quando o
cirurgião-dentista contrata o auxiliar, ele quer solução. Por isso é importante
que este profissional tenha uma postura adequada, além do conhecimento
técnico”.

Nana ainda apresentou o potencial
de mercado para estes profissionais já que o Brasil conta hoje com 269.290
cirurgiões-dentistas, 110.046 auxiliares e 21.703 técnicos. “Existe o mercado.
Então é ir atrás, estudar, se dedicar”.

Também no segundo dia de ENAT, a
cirurgiã-dentista Samara Valêncio de Melo abordou os riscos ocupacionais na
Odontologia. Em um dos slides ela mostrou uma matéria da revista
Exame que trazia as profissões de maior risco para a saúde.

Para espanto dos participantes, a
Odontologia ficou em primeiro lugar. “Esse dado é de acordo com a revista, pois
existe outros artigos com diferentes apontamentos sobre as profissões de risco.
Mas é importante lembrarmos de cuidar da nossa saúde, assim como fazemos com os
pacientes”.

 Ainda de acordo com ela, os
auxiliares e técnicos estão mais sujeitos a pequenos acidentes. “São eles que
fazem a esterilização da instrumentação e pode acontecer de se machucarem nesse
momento. No entanto, quando esses pequenos acidentes acontecem não há uma
notificação. Sem isso fica difícil termos uma estatística de riscos para os
auxiliares e técnicos”.

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834