Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

SUS tem novo modelo de financiamento de recursos

Os repasses de recursos para o
Sistema Único de Saúde (SUS) mudarão a partir de janeiro de 2018. Atualmente as
verbas federais são repassadas por meio de seis blocos de financiamento e a
partir do próximo ano serão feitos em duas modalidades:
custeio
e investimento.

A
mudança tem como objetivo unificar os recursos e também consolidar a execução
das ações em saúde em todo o Brasil, e assim garantir um melhor acesso ao SUS.
Com a alteração, é esperado um maior controle e monitoramento dos recursos
destinados à saúde em todo país. “Estamos estabelecendo um modelo de repasse
onde passaremos recursos apenas para custeio e investimento. Essa ação vai
permitir mais flexibilidade ao gestor na aplicação do recurso durante o ano.
Com isso, vamos simplificar a prestação de contas, diminuir a burocracia e dá
autonomia ao município e ao conselho municipal de saúde”, afirma o ministro da
Saúde, Ricardo Barros.

Com
o novo modelo, gestores estaduais e municipais terão mais autonomia, mas também
mais responsabilidade na execução dos recursos para saúde. Além disso, a
mudança possibilitará mais agilidade e eficiência na destinação dos recursos
disponíveis atualmente, com base na necessidade e realidade local.

“A
aprovação da nova política de financiamento no SUS exigirá que os profissionais
de saúde bucal atuem nos Conselhos Municipais de Saúde, e que os coordenadores
municipais de saúde bucal sejam pró-ativos para garantir a continuidade e a
ampliação das políticas públicas de saúde bucal”, alerta o secretário geral do
Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Marco Manfredini. 

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834