Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

Saúde bucal e a sua importância para à saúde geral

Instituído em 2007, o Dia Mundial da Saúde Oral, em 20 de março, foi criado para reforçar o incentivo e aumentar a consciência da população em relação à promoção da Saúde Bucal. E os Cirurgiões-Dentistas têm a batalha diária de fomentar à sociedade a importância das consultas Odontológicas regulares, orientando sobre como manter uma adequada higiene da boca, o que é essencial para a manutenção da saúde geral.

Sabe-se que a saúde da boca desenvolve um papel importante no corpo. Sendo assim, cuidar da saúde bucal influência diretamente na saúde geral, pois a boca é a porta de entrada para muitas doenças e, por ela, o indivíduo pode identificar se o seu corpo está em bom funcionamento ou não.

Partindo desse princípio, vale ressaltar que algumas doenças bucais podem ser reflexo de doenças do corpo, assim como as alterações da boca podem levar a alguma patologia sistêmica, principalmente quando se fala em doenças gengivais.

“Infecções ou inflamações que começam na boca, principalmente na gengiva, por exemplo, podem se espalhar e serem carregadas pela corrente sanguínea para outras regiões do corpo. Como as doenças gengivais são silenciosas, precisam de mais atenção pois, quando se percebe, já pode haver um comprometimento maior”, explica o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Dr. Braz Antunes.

Há, também, as infecções oportunistas que estão relacionadas a fungos e vírus. Estas podem acometer as pessoas quando, por algum motivo, a imunidade está baixa, o que favorece o aparecimento de microrganismos que que têm potencial de se alastrar pelo corpo, assim como a herpes.

Pessoas com comorbidades como a diabetes ou doenças autoimunes podem apresentar sequelas na boca, seja por efeitos colaterais de remédios, tratamentos ou porque têm a imunidade comprometida.

Gestantes

As gestantes também correm o risco serem impactadas pelas doenças bucais, o que pode ainda refletir no feto. Para se ter uma ideia, doenças periodontais podem resultar em partos prematuros e, consequentemente, o bebê pode nascer com o peso abaixo do normal.  

Por isso, o CROSP reforça a importância do pré-natal odontológico, um dos indicadores de acompanhamento de cuidados primários à saúde da gestante.

Câncer

O câncer bucal é outra preocupação para os Cirurgiões-Dentistas. É preciso se atentar que a boca deve ser vista como um todo, não só dente e gengiva, mas também a língua, bochecha, lábios, o céu da boca e a garganta.

Vale dizer que alguns tipos de cânceres podem ser causados pelo excesso de álcool e tabaco, o qual atinge cerca de 15 mil pessoas por ano, principalmente homens com 50 anos ou mais, conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Outros cânceres podem ser ocasionados pelo Papilomavírus humano, doença sexualmente transmissível, quando há relação sem proteção.

Por essa razão, cabe aos profissionais da Odontologia intensificar as orientações educativas e frisar à população como as consultas regulares com os Cirurgiões-Dentistas são essenciais.

Campanhas

No CROSP, são desenvolvidas campanhas, ações e mobilizações com os profissionais da Odontologia para alertar cada vez mais a população, de todas as classes sociais, sobre a importância de manter cuidados com a saúde bucal, destacando que cada cidadão é único.

A exemplo disso, a campanha lançada pelo CROSP este mês, “Saúde bucal faz parte da saúde total”, circulará em diversos meios de comunicação, transportes públicos, TVs e rádios. O objetivo é reforçar o quanto a saúde bucal influência diretamente a saúde geral. “E é muito importante que todas as pessoas tenham consciência da importância de ir ao Cirurgião-Dentista periodicamente e incorporar esse hábito desde cedo e ao logo de toda a vida”.

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834