Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

GT de Educação avança na discussão sobre EaD

Onze representantes do Grupo de Trabalho (GT) de Educação do
Fórum dos Conselhos Atividade Fim da Saúde (FCAFS) se reuniram, em 23.04, para
dar prosseguimento às pautas que envolvem o funcionamento da modalidade a
distância em cursos de graduação na área de saúde.

Um dos temas tratados foi o debate entorno da definição do
que é educação a distância e o que é passível de ser aplicado no ensino superior.
De acordo com o grupo, isso diz respeito ao desenvolvimento do conteúdo.

Entre os demais tópicos, merecem destaque a avaliação dos
egressos e um levantamento, junto ao MEC, do total de vagas autorizadas e
ociosas dos cursos representados pelos conselhos presentes na reunião. Ao fim
do encontro, houve também o planejamento de uma campanha conjunta e um
documento para barrar o avanço da EaD, com o apoio das entidades de classe para
que não haja o emprego equivocado da modalidade. 

Em março de 2018, mais de 50 entidades de classe da área de
saúde lançaram uma nota pública intitulada “Contra a Graduação a Distância na
Área da Saúde”. No documento, as instituições afirmam que a EaD inviabiliza a
integração entre o ensino, os serviços de saúde e a comunidade. Sem essa
conexão, reiteram, não há a interação entre os trabalhadores e as trabalhadoras
da área, estudantes e a população.

“A formação na área da saúde exige o desenvolvimento de
habilidades e atitudes que não podem ser obtidas sem o contato direto com o ser
humano”, diz a nota.

Tampouco a modalidade de EaD deve ser justificativa para
ampliar o acesso à educação. É necessário levar em consideração as
particularidades de cada curso ao rever tais políticas. Nesse sentido, o
Conselho Nacional de Saúde (CNS) se posicionou contrariamente à aplicação da
EaD em todo e qualquer curso através da Resolução 515, de 2016. Ainda assim,
atualmente, ocorre um
“crescimento exponencial e desordenado da EaD na área de saúde”.

Entre as instituições que assinam o manifesto, estão Conselho Regional
de Odontologia de São Paulo, Conselho Federal de Odontologia, Associação
Brasileira de Ensino Odontológico, Associação Brasileira de Educação Médica e
Associação Brasileira de Enfermagem.

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834