Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

Eficácia da fluoretação das águas é publicado em importante revista científica latinoamericana

Com objetivo de reforçar a importância da fluoretação da água no abastecimento público do estado, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) solicitou em 2021, por meio de ofício, um Parecer Técnico-Científico da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP), o qual foi produzido e, este ano, o documento foi publicado em um importante periódico científico de odontopediatria, a Revista de Odontopediatría Latinoamericana.

O propósito do parecer era, principalmente, para reforçar a eficácia desse método usado como prevenção da cárie desde a década de 50, o qual em 1990, no Brasil, era uma das únicas formas de prevenção e controle da doença, conforme o documento oficial publicado em 16 de março de 2021, pelo Centro Colaborador em Vigilância da Saúde Bucal (CECOL), ligado a FSP/USP. 

Além disso, o documento é, também, uma comprovação contra as fake news que circulavam na época, e contestavam a eficácia do método de prevenção da doença.

É válido saber que a FSP/USP tem uma longa história em colaborações com instituições públicas a respeito da fluoretação das águas, para consumo da sociedade brasileira, utilizada como uma tecnologia para prevenção de cáries na saúde pública.

E em 2009, o Ministério da Saúde reconheceu essa trajetória e formalizou a instalação do Centro Colaborador em Vigilância da Saúde Bucal (CECOL), na FSP/USP, o qual, dentre suas atividades de vigilância da saúde bucal, interessa ao CECOL os aspectos relacionados à fluoretação das águas no abastecimento público.

Publicação no periódico 

O documento produzido pela equipe de pesquisadores e colaboradores responsáveis pela elaboração do parecer, a convite do CECOL/USP e a pedido do CROSP, composto por: Dr. Paulo Frazão, Dra. Adriana Paula Paiato, Dra. Anamaria Brasilino Snellaert Tavares, Dr. Fábio Correia Sampaio, Dra. Lorrayne Belotti, Dr. Jaime Aparecido Cury e Dr. Paulo Capel Narvai; contém 17 páginas que trazem o contexto histórico e a constatação de que nas duas primeiras décadas do século XXI, a fluoretação das águas é eficiente.

Para o conselheiro do CROSP, Dr. José Carlos Imparato, a publicação desse documento é de extrema importância e visa cessar as fake news. “Nesse artigo foram rebatidas todas as questões contra o fluoreto. Vale ressaltar que ele foi solicitado pelo CROSP e publicado em, praticamente, todos os CROs do Brasil, no Conselho Federal de Odontologia (CFO) e na Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPqO). E isso reforça a importância de estarmos sempre amparados em bases científicas, em todas as áreas da Odontologia”.

Confira a publicação da Revista de Odontopediatría Latinoamericana na íntegra. Clique aqui

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834