Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

CROSP solicita que classe odontológica seja isenta do rodízio veicular

Após anúncio do governo municipal de São Paulo que determina rodízio de carros ampliado e mais restritivo na capital paulista, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), a Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD), a Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas (ABCD) e a Associação Brasileira de Odontologia-Seção SP (ABO-SP) solicitaram ao prefeito Bruno Covas que incluísse os profissionais da Odontologia no grupo isento do revezamento.


A partir de segunda-feira (11.05), carros com placas de final par só poderão rodar em dias da semana pares. Veículos com final ímpar, nos dias ímpares. A medida valerá durante as 24h do dia, inclusive aos sábados e domingos. São previstas exceções para profissionais de saúde (médicos, técnicos, enfermeiros, funcionários que trabalham em hospitais) e ao setor de abastecimento (energia, gás, água). A circulação de motos está liberada.

 

A solicitação da autarquia considera que os cirurgiões-dentistas, técnicos e auxiliares em saúde bucal e técnicos e auxiliares em prótese dentária são de suma importância para a manutenção e restabelecimento da saúde.

 

Vale lembrar que decreto emitido pela Prefeitura prevê consultórios odontológicos, clínicas odontológicas e laboratórios de prótese entre os serviços essenciais à população durante a quarentena – portanto na linha de frente do combate ao novo-coronavírus.

 

Os profissionais da saúde bucal que atuam no SUS e iniciativa privada não deixaram de atender a população, podendo ser acionados para atendimentos de urgência e emergência a qualquer hora do dia.

 

Confira o ofício enviado à Prefeitura de São Paulo: http://www.crosp.org.br/uploads/arquivo/2a2e4b20de717a61e9e05eff2ec13ecc.pdf 

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834