Notícias

Acesse o conteúdo disponível da área de Notícias:

Últimas Notícias

CROSP mantém sintonia com as Entidades Odontológicas

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) sempre esteve ao lado das entidades de classe em busca de melhorias para os Cirurgiões-Dentistas e trabalhadores das Profissões Auxiliares, além de desenvolver seu papel principal: fiscalizar e zelar pela Ética Profissional dando equidade aos profissionais da Odontologia.

E, para reforçar como é a atuação com essas entidades, o CROSP entrevistou quatro presidentes de importantes instituições odontológicas que fazem um trabalho incansável na luta por avanços da área: Dr. Wilson Chediek, da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD); Dr. Silvio Jorge Cecchetto, da Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas (ABCD); Dr. Jairo Corrêa, da Sociedade Paulista de Ortodontia (SPO) e José Henrique dos Santos, da Associação dos Técnicos em Prótese Dentária (APDESPBR). 

Confira as entrevistas:

Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD)

Fundada em 1º de abril de 1911, a APCD tem como missão promover o desenvolvimento e a valorização da comunidade odontológica, defendendo os seus interesses, bem como oferecer serviços, atividades sociais, culturais, educacionais, pesquisas e orientações que atendam às necessidades dos profissionais da Odontologia associados.

Em entrevista, o presidente da APCD, Dr. Wilson Chediek, fala sobre a importância do órgão para os profissionais e quais são os principais projetos e objetivos da instituição.

Dr. Chediek formou-se pela Faculdade de Odontologia de Araraquara em 1979 e especializou-se em Prótese Dental pela própria APCD de Araraquara, em 1981, aperfeiçoando-se em Treinamento em Legislação Trabalhista pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/SP). Eleito em 2023 para o próximo triênio, Dr. Chediek permanece como presidente da APCD até 2026.

 

CROSP: Como o senhor vê a importância de entidades odontológicas, como a APCD, para a valorização da profissão?

Dr. Wilson Chediek: Elas são de fundamental importância, visto que, individualmente, como você se representa? Como você representa a categoria?

Infelizmente, essa noção da importância das entidades odontológicas deveria ser muito mais forte dentro das faculdades para que o aluno, quando sair formado, tenha ciência do que é uma entidade odontológica ou uma autarquia. Que ele saiba a importância disso para a conquista de melhorias da categoria. Qualquer categoria só é fortalecida quando há uma participação dos seus componentes. É preciso mostrar coesão.

As entidades odontológicas representam um papel fundamental para essa valorização e para a obtenção de melhorias, não só para valorizar a profissão, mas também para dar melhores condições de trabalho para o profissional.

 

CROSP: Quais são os principais projetos da APCD que beneficiam os Cirurgiões-Dentistas?

 

Dr. Wilson Chediek: A APCD, como entidade de classe, representa seus associados. Os projetos que ela participa, para a categoria como um todo, sempre acompanham as outras entidades e autarquias, como o CROSP, por exemplo.

Todas as demandas que favoreçam a categoria e deem uma maior segurança para os profissionais e para a população têm a participação da APCD. É uma luta inglória pela diminuição dos cursos de graduação de Odontologia. Não há necessidade de mais cursos. Pelo contrário, precisamos fechar vários cursos sem condições de formar corretamente um Cirurgião-Dentista. A APCD participa desses projetos e tem atuado efetivamente, junto ao CFO e ao CROSP, para a não realização da Educação a Distância (EaD) na graduação, que é um absurdo e insano. Também participamos de projetos que beneficiam o Cirurgião-Dentista como um todo, como a defesa do piso salarial que, infelizmente, o Governo não sanciona — a lei é de 1961. Temos trabalhado também junto a prefeituras para buscar um salário digno para a nossa profissão.

CROSP: Qual a importância da APCD para o profissional, especificamente?

Dr. Wilson Chediek: A APCD não é só corporativa. O corporativismo não impera. Também não traz benefícios só para os associados. Como um todo, a APCD tem um projeto muito grande, que é o Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, o CIOSP. A APCD realizará, em janeiro, o 41º Congresso. Posso falar, sem medo de errar ou de ser contestado, que é o maior e melhor congresso de Odontologia do mundo. Sem dúvida nenhuma, tirando uma feira que ocorre a cada dois anos na Alemanha, o nosso Congresso anual é o maior do mundo, com uma média diária de 25 mil pessoas. Com isso, levamos para toda a categoria do Brasil e da América Latina o que tem de melhor na Odontologia. Não só cursos, palestras e reciclagem, mas também nossa feira, com equipamentos, materiais e preços atrativos, levando a todos os profissionais do Brasil o que existe de melhor na Odontologia mundial. Todo associado da APCD tem um seguro de responsabilidade civil incluso na mensalidade, o que lhe dá segurança para trabalhar. Um seguro que cobre qualquer intercorrência ou erro profissional, caso ele seja condenado. Temos um seguro funerário para beneficiar a família do associado com um auxílio-funeral expressivo. Temos uma mensalidade muito baixa, orientação jurídica e profissional, além de cursos e palestras. Quando o Cirurgião-Dentista procura saber o que a APCD oferece, ele fica surpreso com as vantagens.

 

Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas (ABCD)

Fundada no dia 24 de maio de 2003, a ABCD completou 20 anos de existência este ano. O principal papel da entidade é dar abrangência nacional, de caráter científico e cultural, sem fins lucrativos e como missão representar os Cirurgiões-Dentistas brasileiros dentro e fora do país, em eventos e atividades que visem o desenvolvimento da Odontologia, buscando seu aprimoramento técnico-científico, social, ético e cooperativista.

Atualmente, a ABCD é presidida pelo Dr. Silvio Jorge Cecchetto, eleito em 2023. Ele formou-se pela Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Unesp Araçatuba, em 1977.

 

CROSP: Qual o papel desempenhado pelas entidades odontológicas, como a ABCD, em defesa da Odontologia?

Dr. Silvio Cecchetto: A Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas (ABCD), junto com outras entidades de classe – sejam estaduais, nacionais ou de especialidades, assim como as entidades da área da saúde – busca valorizar a Odontologia e promover o exercício regular dos profissionais legalmente habilitados. Um exemplo recente foi a participação contra a graduação em Odontologia na modalidade Educação a Distância (EaD). Colaboramos com o CFO e os CROs contra essa forma de ensino.

CROSP: Quais os principais projetos da ABCD em prol dos profissionais?

Dr. Silvio Cecchetto: A ABCD, por meio de suas ações e seções em algumas regiões brasileiras, busca orientar, proteger e representar seus associados na defesa dos interesses que promovam a valorização e a dignidade da Odontologia.

CROSP: De que forma a ABCD beneficia o profissional?

Dr. Silvio Cecchetto: A ABCD procura oferecer benefícios em condições excepcionais aos seus associados, seja por meio de parcerias com empresas do segmento odontológico, seja por meio de convênios que facilitem a rotina dos profissionais. Além disso, apoia eventos que capacitam e aperfeiçoam os profissionais.

Sociedade Paulista de Ortodontia (SPO)

A SPO foi fundada em 4 de dezembro de 1959 com objetivo de trabalhar para ser um porto seguro no qual os especialistas pudessem se ancorar na atualização científica de qualidade e nos serviços oferecidos. Por essa razão, é considerada uma organização sublime e seguidora dos bons princípios e propósitos que devem reger uma entidade, visando unicamente o bem-estar físico, mental e social da comunidade.

A entidade está presidida pelo Dr. Jairo Corrêa, que se graduou em Odontologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1950. É especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial e Odontopediatria pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), com mestrado pela Faculdade de Higiene e Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP/1963).

Dr. Jairo foi, também, Capitão R2 – Cirurgião-Dentista do Exército Brasileiro e Juiz Classista de Junta de Conciliação e Julgamento do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.

CROSP: Como o senhor vê a importância de entidades como a SPO?

Dr. Jairo Corrêa

: As entidades de classe são a melhor maneira de congregar os profissionais e oferecer-lhes meios de progredir, tanto científica quanto socialmente. Conviver em uma entidade de classe permite adquirir mais confiança e maturidade.

CROSP: O senhor destacaria projetos específicos da SPO em prol do Cirurgião-Dentista de São Paulo?

Dr. Jairo Corrêa

: A SPO, em seus longos anos de existência, sempre esteve na vanguarda da Ortodontia e foi pioneira em oferecer atividades com o objetivo de trazer a Ortodontia ao seu melhor lugar. Esse sempre foi e sempre será o principal projeto da SPO: formar profissionais engajados em atender da melhor forma seus pacientes.

 

CROSP: Além desses projetos, como a SPO atua na defesa da profissão?

Dr. Jairo Corrêa

: Creio que quando temos à frente esse projeto de formar profissionais que se entendam como agentes de melhoria de saúde e qualidade de vida de seus pacientes, estamos fazendo o melhor por nossa profissão que é, acima de tudo, cuidar da saúde de seres humanos.

Associação dos Técnicos em Prótese Dentária (APDESPBR)

A Associação dos Técnicos em Prótese Dentária Brasil (APDESPBR) foi fundada em maio de 1976, com o propósito de agregar a classe protética a proporcionar o aprimoramento técnico e científico da atividade, bem como o bem-estar e a consciência social em que estamos inseridos, defendendo os interesses e buscando incessantemente a valorização e consolidação da categoria. Desde janeiro de 2022 a APDESPBR é presidida por José Henrique dos Santos é presidente da APDESPBR.

 

CROSP: Qual o papel desempenhado pelas entidades odontológicas, como a APDESPBR, em defesa da Odontologia?

José Henrique dos Santos: O papel das entidades é levar, aos seus associados ou não, a consciência das nossas obrigações como profissionais, seja por meio de palestras e de parcerias com entidades, como CFO e CRO; artigos em nossa revista e no site. É um trabalho contínuo, pois nem todos entendem as boas práticas.

Quais os principais projetos da APDESPBR em prol dos profissionais?

José Henrique dos Santos: Hoje trabalhamos com eventos (congresso), cursos e palestras, levando as novidades da indústria e do comércio. Afinal, a Odontologia não para de inovar. O digital é uma realidade neste sentido.

Além desses projetos, de que forma a APDESPBR beneficia o profissional?

José Henrique dos Santos: Um dos projetos que tenho certeza que irá ajudar muito é uma parceria com a assessoria de laboratório de Prótese Dentária, a k2go. Lançamos, em conjunto, um projeto que vai procurar ajudar aqueles que queiram a formalizar seu negócio.

Achou interessante esta notícia? Compartilhe!
Facebook
WhatsApp
Email
Telegram
CROSP
Enviar para o WhatsApp

Imprensa

Contatos:

Telefones:
(11) 3549-5550 / (11) 99693-6834