line
logo
Menu

Informativo

9/6 - Sistema Conselhos de Odontologia fala da importância da vacinação

09/06/2021 às 16:20

Neste Dia Mundial da Imunização (9/6), o Sistema Conselhos de Odontologia, formado pelos Conselhos Regionais e pelo Conselho Federal de Odontologia, reforça a importância da vacinação dos profissionais da classe. A lembrança vai além da imunização contra a Covid-19, resgatando outras vacinas essenciais à segurança dos trabalhadores e de seus pacientes, como hepatite B, influenza, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), dupla do tipo adulto (contra difteria e tétano a cada década), BCG (Bacilo de Calmette e Guérin) e febre amarela. 


A mensagem chega em um importante momento, onde a validade e eficácia de muitas delas (algumas consolidadas há décadas e que já haviam sido responsáveis pela erradicação de doenças, como o sarampo, por exemplo) estão sendo cada vez mais questionadas pela população. 


Em nota, o Sistema Conselhos recomenda que profissionais da Odontologia procurem manter seus calendários vacinais atualizados e, como importantes agentes de promoção de saúde, orientem seus pacientes para que façam o mesmo. “Esse cuidado remete também à prevenção de doenças já erradicadas, por meio da vacinação, que hoje representam risco de surto sanitário para além da Covid-19. A baixa procura pelos imunizantes em tempos de pandemia é uma preocupação coletiva. Vacinas salvam vidas e devemos fazer o nosso papel para promover saúde para todos”, afirmou o presidente do CFO, Juliano do Vale. 


Leia a mensagem na íntegra no site do CFO

Informativo

9/6 - Sistema Conselhos de Odontologia fala da importância da vacinação

09/06/2021 às 16:20

Neste Dia Mundial da Imunização (9/6), o Sistema Conselhos de Odontologia, formado pelos Conselhos Regionais e pelo Conselho Federal de Odontologia, reforça a importância da vacinação dos profissionais da classe. A lembrança vai além da imunização contra a Covid-19, resgatando outras vacinas essenciais à segurança dos trabalhadores e de seus pacientes, como hepatite B, influenza, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), dupla do tipo adulto (contra difteria e tétano a cada década), BCG (Bacilo de Calmette e Guérin) e febre amarela. 


A mensagem chega em um importante momento, onde a validade e eficácia de muitas delas (algumas consolidadas há décadas e que já haviam sido responsáveis pela erradicação de doenças, como o sarampo, por exemplo) estão sendo cada vez mais questionadas pela população. 


Em nota, o Sistema Conselhos recomenda que profissionais da Odontologia procurem manter seus calendários vacinais atualizados e, como importantes agentes de promoção de saúde, orientem seus pacientes para que façam o mesmo. “Esse cuidado remete também à prevenção de doenças já erradicadas, por meio da vacinação, que hoje representam risco de surto sanitário para além da Covid-19. A baixa procura pelos imunizantes em tempos de pandemia é uma preocupação coletiva. Vacinas salvam vidas e devemos fazer o nosso papel para promover saúde para todos”, afirmou o presidente do CFO, Juliano do Vale. 


Leia a mensagem na íntegra no site do CFO